CONTROLE O MÍNIMO E O MÁXIMO DO SEU ESTOQUE!

A gestão de estoque é como uma ciência. É necessário colher dados precisos e fazer a aplicação de fórmulas para que o processo funcione adequadamente. Nós já falamos aqui sobre o controle de estoque e, agora, vamos abordar algumas ferramentas que ajudam o empresário a gerir a entrada e saída de matérias-primas, garantindo o funcionamento da produção, sem perdas financeiras. Estamos falando de estoque mínimo e estoque máximo.

Mas, antes de apresentar esses dois conceitos, precisamos entender o significado do tempo de reposição das peças, que nada mais é do que o período gasto entre a emissão da ordem de compra e a chegada do pedido na empresa. Tendo isso em mente, vamos em frente!

Como o nome já diz, o estoque mínimo diz respeito à quantidade básica necessária para manter a produção em dia. O segredo dessa ferramenta está em saber calcular essa quantidade precisamente.  Para isso, você pode usar uma fórmula bem simples:

(TABELA) Consumo Médio x Tempo de Reposição (dias) = ESTOQUE MÍNIMO

Aconselhamos que o empresário ainda acrescente 10% sobre o valor obtido neste cálculo, como forma de garantir segurança. Imprevistos sempre acontecem e é melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?

O estoque máximo também não tem grandes segredos. Trata-se da quantidade calculada previamente que define a parada dos pedidos de reposição quando a produção diminui ou é interrompida. Isso pode acontecer por motivos financeiros ou técnicos, por exemplo. Para aplicar esse conceito, você precisa medir o tamanho do seu almoxarifado, adaptar o espaço para produtos que necessitam de cuidados especiais para armazenamento, conhecer o histórico de vendas de cada produto, além de verificar a validade das matérias-primas duráveis. O cálculo do estoque máximo também é bastante simples:

(TABELA) Estoque Mínimo + Lote de Reposição* = ESTOQUE MÁXIMO

*para obter valor do lote de reposição, basta dividir a quantidade média mensal de produtos vendidos pela frequência de compra de mercadorias.

Quando os níveis de estoque atingem o valor máximo definido nesta fórmula, é hora de parar com os pedidos de reposição de estoque. Assim você evita desperdícios.

Esteja sempre atento ao seu estoque e garanta a saúde do seu negócio!

 

 

Por Francielle Colpani

Posts recomendados